NOSSO VELEIRO

 

DESIGN:

O TAO é um veleiro de 38 pés em aço, de design Bruce Roberts, construido construido em 1994, pelo Estaleiro Villas Boas, considerado um dos melhores do Brasil em embarcações em aço. Um projeto bastante consagrado, harmônico, estável e muito seguro. Seu cockpit central oferece bastante conforto nas navegadas mais duras. Sua proa lançada também proporciona uma muito boa assimilação das ondas que vem de proa, evitando aquelas batidas desconfortáveis, que só quem já passou por isso sabe bem como é. O calado é de 1,50m, o mastro mede 15m  e a armação é em Cutter, ou seja, 2 estais de proa, ambos com enroladores. Bem arejado, o TAO possui um total de 16 escotilhas espalhadas pelo convés, além de 4 entradas de ar independentes.   

INTERIOR E ACOMODAÇÕES:

Começando pela proa, O TAO possui um camarote de proa para até 3 pessoas, escamoteável ou seja, ele pode virar uma pequena sala com uma mesinha central. Na sala temos um rádio com CD, uma TV de 20pol e DVDs com muuuuitos filmes. Além dos sofás que viram camas, temos uma mesa para 5 pessoas. Oposta à mesa de navegação, à bombordo fica a cozinha, que é igual a maioria dos veleiros deste porte: muitos armários, fogão de inox c/ forno, geladeira 12volts de aprox. 40 litros, pia com 2 cubas, água pressurizada e de pedal. O banheiro é de bom tamanho com água pressurizada, WC elétrico, e ducha. Possuímos também um boiler acoplado ao motor para aquele banho quente depois de uma cansativa navegada. Ao lado do banheiro há um depósito onde ficam nossas bicis dobráveis, além de muitas outras coisas como as baterias e acessórios diversos. Por fim, na popa temos um camarote de casal, confortável e com bons armários. Todo o seu interior é de louro freijó proporcionando agradável ambiente.

CAPACIDADES:

Seus tanques de água são de inox, c/ tampas de inspeção e tem capacidade para 550 litros. Os de diesel são dois: um que fica na quilha com capacidade para 100 litros e outro na popa para 150 litros.

MOTORIZAÇÃO:

O motor é VW marinizado pela Retipar com 48 hp e dois alternadores Bosch de 55 amperes e reversor hidráulico.

Possui também selo mecânico e hélice de 3 pás.

NAVEGAÇÃO:

Temos todas as cartas náuticas, em papel, da costa brasileira. Bússolas, compassos, régua paralela, esquadros, livros tipo "pilot charts" para a região onde vamos navegar.

Alguns desses materiais ganhamos dos velejadores estrangeiros que deixaram nossa costa para seguir caminho.

Outro equipamento que possuímos, mas que não levamos mais em navegadas é um radiogoniômetro. Antigo, ele capta sinal rádio dos faróis e serve para fazer marcações de rumos. Excelente equipamento, mas só tem um defeito:ele só funciona com 8 pilhas grandes!     

ELETRÔNICOS DE NAVEGAÇÃO:

Os equipamentos para navegação são: 2 rádios VHF fixo e manual, 1 antena reserva, 1 estação de tempo digital, estação de vento, speed e ecobatímetro Raytheon, 2 chartplotters Navman, sendo que um deles é o série 5500, pequeno que uso na roda de leme e o outro é um série 8000, maior, mais moderno com radar de alcance de 24 milhas que fica na mesa de navegação e um piloto automático de correia.

OUTROS EQUIPAMENTOS:

O TAO também possui uma targa onde estão fixadas 3 placas solares totalizando 135 watts, com controlador de voltagem. Um inversor de 600 watts que usamos para ligar a TV, DVD, carregador de celulares e outros.

Temos um guincho para âncora de 1000 watts, corrente com 50 metros e cabo com 40 metros. A bordo, além da âncora principal, Bruce, temos mais duas de reserva, uma outra bruce de inox menor e uma Fob, francesa. 

Bimini e doghouse não só são para o conforto, mas também equipamento de segurança, pois o sol, no Brasil, dificilmente dá uma trégua!

Temos 1 bote de apoio com motor de popa e 1 balsa salva-vidas para 6 pessoas.

Apetrechos para pesca além de pés de pato e snorkel nunca devem faltar em um veleiro que se preze! Temos várias peças sobressalentes para alternador, motor de arranque, rotores da bomba dágua, etc. Ferramentas, então, nem se fala! Temos o bastante para praticamente todos os reparos necessários que o TAO possa precisar inclusive um aparelho de solda transistorizado e argônio para solda TIG.                            

 

 

       

 

 

 

 

 

 

 



11/10/2009
2 Poster un commentaire

Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 4 autres membres