SANTOS - ILHABELA

Ficamos dois dias em Santos e aproveitamos para comprar alguns acessórios pro TAO. Aqui vale a pena, pois se encontra praticamente tudo e com os melhores preços até agora! Até almoçar fora é barato e bom!

Logo saindo do Iate Clube de Santos, que fica no lado do Guarujá, há uma avenida grande que é como um shopping a céu aberto!

No dia dezesseis de junho, às sete horas da manhã, saímos rumo a maior ilha oceânica do Brasil: Ilha Bela, cinquenta e oito milhas de ondas e nenhum vento, mas não podíamos esperar uma condição melhor, pois a diária do ICS era mais salgada que o próprio mar!

Com a mestra içada e motor mantivemos uma média de velocidade que nos permitisse chegar ainda de dia. Na chegada resolvemos ancorar numa pequena enseada logo após a entrada do canal chamada Praia do Curral para passar a noite, dica de nossos amigos franceses Patric e Naná do veleiro Chiloé. O lugar é lindo, com uma pequena ilhota de pedra quase no meio da enseada. À noite sacudiu um pouco, mas dormimos bem.

Na manhã seguinte fomos ao Iate Clube de Ilha Bela. Conseguimos vinte e quatro horas de cortesia somente. O clube é bonito mas pequeno e um tanto sofisticado. Aproveitamos nosso período e depois fomos ao Iate Clube Pindá. Mas antes de ir ao ICP demos uma velejada até o outro lado, no continente onde havia uma pequena praia para fazer um almoço. Lá pelas quinze horas rumamos ao ICP.     

No ICP é bem diferente do ICIB, mais simples mas com oito dias de cortesia. Fica-se só em poita e o trapiche é pequeno onde se amarra o bote e também se abastece o barco com água. Tem um restaurante pequeno e um abrigo de lanchas.

Dia dezenove acordamos cedo e pegamos um ônibus para ir até o sul da ilha. A viagem foi bonita, com a estrada seguindo a costa. Na volta paramos na praia chamada Pedras Miúdas para comermos nossos sanduíches e tomar um banho, mas a água estava meio fria demais. A Marga tava meio envergonhada com os nossos sanduíches, mas enquanto estávamos comendo, uma menina, do guarda sol ao lado, foi também buscar o seu lanche no carro! Pedimos umas cervejas e a Marga relaxou...

No dia seguinte seria o jogo de Brasil com a Costa Rica. Vimos o jogo no clube.

Independentemente estávamos sempre ligados na previsão do tempo para seguir adiante. No dia seguinte decidimos ir ao Saco da Ribeira, pois entraria uma frente fria com muita chuva .



27/08/2010
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 3 autres membres