E O TRABALHO CONTINUA...

Tapes, 10 de junho de 2011.

Desde nossa chegada em Tapes não saímos mais para velejar. Além de algumas responsabilidades “inadiáveis” dos que vivem em terra, na continuação da arrumação do TAO, chegamos agora na vez dos estofados. Aproveitando o fato de eles estarem realmente bem gastos e também de terem passado pelas obras de trocas de chapas, resolvemos dar vida nova à sala! E, como de costume, nós mesmos resolvemos faze-lo! Aproveitamos somente as madeiras boas e as otimizamos. Os sofás da sala são aproveitados para guardar os tanques dágua e fechados com uma chapa de compensado. Em cima disso ainda ia outra chapa em que eram colados as espumas e o capitonê dos sofás. Da mesma forma eram feitos os encostos. O que fizemos foi aproveitar a própria chapa de fechamento e fazer nela mesma o sofá. Assim ganhamos mais leveza e mais facilidade em acessar os tanques dágua. O encosto também foi modificado, colocando apenas uma barra de espuma aparafusada no fundo do armário. Isso também melhorou para deitar no sofá, pois ele ficou mais largo cerca de 10 cm. No bombordo também resolvemos mudar o acesso do armário, invés de ser por cima tipo fundo falso, ser lateral, facilitando encontrar as coisas. Com isso poderemos instalar um armário fechado em cima deste. Teremos mais um espaço para guardar mantimentos! A cor do tecido novo ficou puxando para o vermelho, para fazer uma combinação com o tecido antigo e também com a madeira interna. Nós gostamos bastante! Ficou mais alegre, sem descaracterizar o ambiente!

Uma coisa que decidi fazer com as chapas de compensado foi encapsulá-las com resina epóxi antes de colar a espuma e o tecido, evitando assim o ingresso dos malditos cupins. É definitivo, ao invés de outros tratamentos de pouca duração.

Visando a nossa próxima viagem, fiz uma revisão completa,  quando encontrei uma oxidação no silenciador de inox, que já consertei fazendo uma camada de solda tig por cima. Na próxima semana instalarei o radar e farei a revisão completa do motor. Vamos deixar a troca das baterias quando estivermos mais próximos da viagem. São 5 de 100 amperes. Como são automotivas, elas duraram mais de 5 anos e já está na hora da troca. Para otimizar ainda mais o consumo energético, estou substituindo todas as luzes do TAO por leds. Estou aproveitando todas as luminárias. Está ficando muito bom. Cada luz antiga consumia cerca de 2 ah e agora com leds ela consome 0,38 ah. E ilumina praticamente igual. Pela internet, comprei uns leds com ângulo de iluminação de 120 graus, quer dizer, não são direcionais. Estou intercalando com os direcionais na mesma luminária e ficou muito bom. Comecei pelo banheiro com 1 luminária, depois fiz a do corredor que vai para o camarote de bpopa e agora estou fazendo as do salão, onde temos 3 luminárias grandes. Faltam 1 da cozinha, 1 da proa e 2 da popa. Ainda trocarei as luzes de navegação. Para isso comprei leds verdes e vermelhos. Além de eu economizar neste trabalho, é também muito legal e prazeroso.

Nestes dias de trabalho, ao entrar e sair do TAO, percebi que a capa da vela da trinqueta está descosturando. É mais um trabalho a fazer, mas acho que terei que mandar alguém fazê-lo. Vou baixá-la e examinar minuciosamente.

É incrível como se acumulam tarefas num barco, pois elas vão desde manutenção preventiva, consertos das quebras e as melhorias que planejamos. Estar completamente em dia com esse 3 itens é algo quase como utópico! Meus próximos planos, depois de dessas tarefas é fazer um dog-house fixo. Não sei ainda qual o material que vou utilizar, se compensado, fibra ou inox, mas isso é coisa para o futuro...  

 



21/07/2011
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 3 autres membres