DE CUMURUXATIBA A SANTO ANDRÉ

Ao meio dia de 31 de maio, um vento sul chegou inesperadamente, sem aviso nenhum pelos sites de previsões de
tempo. Era um vento bem consistente, então logo depois do almoço levantamos âncora e partimos para mais uma
etapa de nossa viagem. Santo André fica um pouco mais ao norte de Porto Seguro. A navegada tem que ser feita
deixando safo vários parcéis e arrecifes ao longo da costa. Fizemos toda a viagem com vela reduzida pois
era preciso manter uma baixa velocidade para chegar em Santo André ao amanhecer do dia seguinte.
Mantínhamos uma média de 3,5 knots para percorrer uma distância de 60 milhas em 17 horas, e deu certo pois
chegamos em frente a barra de Santo André às 6 horas da manhã.

 

 

fotos bahia 2013 19.jpg

Usando o modo "High Way" do plotter para seguir certo nos waypoints. 

 

fotos bahia 2013 16.jpg

Iniciando a entrada.

 

fotos bahia 2013 25.jpg

Os arrecifes, bem do ladinho!!!

 

fotos bahia 2013 23.jpg

A praia de Santo André.

Eu fiquei a maior parte do tempo no quarto
de hora, para ir monitorando a velocidade, recolhendo ou abrindo a genoa e fazendo as contas da hora de
chegada. Nós geralmente programamos nossa saída e estimamos nossa velocidade de acordo com o vento que
teremos para sempre chegar de dia, mas nem sempre as coisas são assim tão lineares, tão matemáticas. Muitas
coisas podem mudar neste ínterim e nossa prioridade sempre é fazer os percursos na vela, com o mínimo uso do
motor. E foi o que aconteceu, só usamos o motor por 1 hora, suficiente para sair e entrar nas barras. A Marga me
rendeu à 3 horas da manhã. Seu quarto de hora foi bom, diferentemente dos meus, pois peguei algumas chuvaradas.
O céu ficou feio, com nuvens de todos os tons de cinza, houve um momento que todas se dissiparam e pude
ver um céu repleto de estrelas, mas durou pouco e o tempo fechou completamente. Ao amanhecer as nuvens permitiram
que os raios de sol chegassem a nós com mais frequencia. Entramos na barra tranquilamente e ancoramos o TAO
entre uma pousada e o restaurante Gaivota.

 

fotos bahia 2013 37.jpg

O TAO na ancoragem.

 

 

fotos bahia 2013 36.jpg

Vista da rua costeira de Santo André na maré baixa. No pontal ao funda

à esq. fica a saída do canal e a Pousada"Ponta de Santo André"

 

Alguns amigos recomendam colocar 2 âncoras pela proa por causa da 

inversão da maré. A preocupação deles é que o cabo da âncora pode se enroscar na quilha e deslocar a âncora
deixando o barco a deriva . Nós nunca utilizamos este sistema porque acreditamos que o uso de corrente em toda
a amarra faz com que o conjunto seja bem pesado e se manhenha no fundo, dificultando se enroscar na quilha ou
no leme. A única situação que usamos 2 âncoras é para locais onde precisamos limitar o movimento do barco, seja
por pedras, baixios ou muitos barcos em volta. Ficamos o restante do dia descansando. No dia seguinte choveu muito
e aproveitamos para recuperar alguns litros de água. No dia 3 fomos a terra encontrar o Rogério, dono da pousada
"Ponta de Santo André". Ele nos ofereceu internet wifi e tudo o que necessitássemos. Ficamos até o dia 19 de junho.

 

 

 

fotos bahia 2013 31.jpg

TAO na ancoragem com Santa Cruz de Cabrália bem ao fundo.

 

 

fotos bahia 2013 34.jpg

Outra vista da rua costeira.

 

Neste ínterim alugamos um carro para ir até Porto Seguro passear e fazer compras. Encontramos com a Rossana, 

uma amiga gaúcha que tem um restaurante lá. Ela veio passar um dia conosco a bordo do TAO e ficou encantada
com o barco e com nosso estilo de vida. No dia 18 de junho começou a soprar o vento sul e decidimos partir no dia
seguinte. Comprei batatas e ovos para a Marga fazer as famosas fritadas para a navegada, que toda a tripulação
do TAO adora!! Nosso próximo porto é Ilhéus, a 106 milhas daqui!



19/11/2013
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 3 autres membres